A água é uma substância tão importante que até na Bíblia é citada como fonte de vida. O corpo humano sobrevive mais tempo sem alimento do que sem água.
De acordo com o aumento da atividade física e com o aumento da temperatura do ambiente, o nosso corpo precisa consumir mais água para repor as perdas de nutrientes e evitar a desidratação.

Quando temos que beber água?

Não devemos esperar ter sede para beber água, pois quando chegamos ao ponto de sentir sede é porque já estamos começando a entrar na fase de desidratação.

O ideal é que uma pessoa adulta consuma pelo menos 2,5 litros de água por dia, pois o nosso corpo é composto  de 50% a 75% de água, que varia de acordo com sexo e idade.

Uma maneira fácil de saber se estamos ingerindo a quantidade ideal de água é observar a coloração da urina. Quanto mais clara a urina, melhor nosso estado de hidratação.

O chá e o suco natural também são ótimas opções para hidratação, mas não substituem a água pura, servem para nos ajudar a não enjoar de ficar só na água. Mas vigie, pois os sucos contêm calorias, enquanto a água não tem nenhuma.

Os refrigerantes e as bebidas alcoólicas não são indicadas para saciar a sede e nem para serem tomadas em excesso, já que sua capacidade de hidratação é pequena devido ao gás e do açúcar contido na bebida.

Os isotônicos também hidratam bastante, mas são indicados para os atletas porque contém um alto teor de sais minerais.
Os atletas têm uma perda muito intensa de água e sais minerais através do suor e por isso necessitam de uma reposição rápida. Os isotônicos são indicados.

Quando ficamos desidratados, o nosso corpo sofre assim:
– perde energia
– diminui a performance durante o exercício
– cãibras
– enjôos
– dor de cabeça
– pressão baixa
– ansiedade
– fome
– compulsão por doces

A queda da pressão é a queixa mais comum no verão, pois nessa época do ano os nossos vasos dilatam e existe uma maior dificuldade do sangue, que circula nas pernas, voltar para o coração. Isso na maioria das vezes pode ser tratado com uma melhor hidratação.

É necessário também que haja um cuidado com a alimentação, pois os alimentos contaminados ou mesmo começando a passar do ponto, acabam provocando vômitos e diarreias, o que aumenta o quadro de desidratação.

Para quem não gosta de tomar muita água e prefere algo com um pouco de gosto, além de chá e sucos naturais, as frutas como pêra, melancia e melão são ótimas para ajudar na hidratação.

Esses são alguns bons motivos para bebermos água diariamente.
Então, separe sua garrafinha com água e leve com você para onde for.

 

 

 

Compartilhe: